A desproteção social e a saúde do trabalhador, na região de fronteira do RS com Argentina e Uruguai

Rosângela da Silva Almeida

Resumo


Neste artigo são apresentados alguns resultados do estudo de caso, que abrangeu Municípios brasileiros que fazem fronteira com o Uruguai e a Argentina, países integrantes do Mercosul. Utilizou-se a pesquisa documental e a metodologia do Diagnóstico Situacional, tendo como objetivo analisar como se realiza a proteção social à saúde do trabalhador, como movimento necessário à ampliação e à consolidação da cidadania. Foram entrevistadas dezenove pessoas. Os resultados indicaram, entre outros pontos, a desinformação por parte de trabalhadores e gestores da saúde sobre a política de Saúde do Trabalhador e a intensificação do trabalho informal, decorrente da integração econômica.

Palavras-chave


MERCOSUL; saúde do trabalhador; cidadania; proteção social

Texto completo: Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Qualis: B2 (Serviço Social), B5 (Direito), B2 (Interdisciplinar) e B4 (Enfermagem)