A SIMBÓLICA DO MAL EM PAUL RICOEUR

Fábio Augusto Santos da Silva

Resumo


Trata-se de um estudo sobre a simbólica do mal em Paul Ricoeur. A filosofia deste autor insere-se no contexto do final do séc. XX, da crise da razão, há um vazio de sentido, uma busca pelo mundo humano. Desta maneira, o problema do mal para Ricoeur configura-se como um desafio, um enigma eminentemente antropológico. Neste sentido, este estudo centra-se na compreensão das principais características do projeto hermenêutico de Ricoeur e, consequentemente, na análise da aplicação desta hermenêutica simbólica no estudo sobre os símbolos do mal. É essa experiência do mal, confessada na sua linguagem simbólica, carregada de medo e culpa que Ricoeur se propõe a refazer.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.