Ensino de leitura e Sistema de Escrita

Onici Claro Flôres

Resumo


Este artigo fundamenta-se em Aaron e Joshi (1989), Grabe (2009), Girolami-Boulinier e Pinto (1994) e Pinto (1997, 1998) que averiguaram a inter-relação entre ensino-aprendizado de leitura e sistema de escrita do aprendiz. Em visto disso, o objetivo aqui pretendido é o de propor a abordagem da leitura e das suas dificuldades, no contexto escolar brasileiro, a partir de dois focos: o da natureza do sistema ortográfico e o da prevenção e detecção precoce de dificuldades de aprendizagem. Para tanto, retomam-se as duas principais fontes de estudos da leitura: a biológica (ciências naturais) e a das ciências humanas e sociais (FIJALKOW, 2014), de modo a possibilitar a construção de uma base analítica que subsidie os professores do Ensino Fundamental, quanto aos vínculos entre fala, leitura, fonologia e ortografia, em português brasileiro (PB).

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Qualis: A1 (Letras)

ISSN (impresso):1415-1928

ISSN (digital): 1983-2400

Indexadores: Modern Language Association of America, Cambridge Scientific Abstracts, Latindex, EBSCO Publishing e Linguistics Abstracts.